Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página Inicial > Notícias > IFMA discute Educação e Saúde com o Ministério da Saúde
Início do conteúdo da página Notícias

IFMA discute Educação e Saúde com o Ministério da Saúde

Encontro contou com a participação de representantes do ministério da Educação, Escola Técnica do SUS e  secretaria estadual de Saúde
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 19/11/2018 17h28
  • última modificação 19/11/2018 17h31

 

O Centro de Referência Tecnológica promoveu, no dia 14 de novembro, em sua sede, em São Luís, reunião técnica da equipe do Programa Educação e Saúde do Instituto Federal do Maranhão (IFMA), com a participação de representantes do ministério da Saúde (MS).

 

O programa é executado pelo IFMA, desde junho, em parceria com os ministérios da Saúde (MS) e Educação (MEC), com a meta de capacitar cerca de 30 mil pessoas por meio de fóruns presenciais e cursos livres e abertos na modalidade a distância, na plataforma IFMA Digital.

 

A diretora geral do Centro de Referência Tecnológica, Simone Santos, e o diretor executivo, no exercício da reitoria, Agenor Almeida, efetuaram a abertura do encontro

Durante a reunião, foram apresentados relatórios das ações realizadas e promovido o ajuste do projeto.  De acordo com o diretor executivo do IFMA, Agenor Almeida Filho, no exercício da Reitoria, o encontro proporcionou “avançar na construção permanente do projeto, diante das especificidades regionais”.

 

A oferta dos cursos contempla os eixos Histórico e Princípios do SUS; Gestão Participativa; Garantias de Direitos no SUS; Condições Éticas, Ambientais e Avaliativas para Prática Humanizada em Saúde; e Oferta do Cuidado Humanizado na Saúde

 

O objetivo principal é fortalecer as ações protetivas de pessoas em situação de vulnerabilidade social, a partir da capacitação de profissionais sob a perspectiva do atendimento humanizado.

 

Isabela Blumm (à esquerda) e Marina Marinho, do departamento de Apoio à Gestão Participativa e ao Controle Social, da secretaria de Gestão Estratégica e Participativa do ministério da Saúde

“É importantíssimo o acompanhamento próximo de um projeto tão importante para nós”, avaliou Isabela Blumm, analista de políticas sociais e coordenadora de Promoção à Saúde do Ministério da Saúde.

 

“É um trabalho fundamental articular e fortalecer as parcerias”, ponderou Marina Marinho, coordenadora geral de Apoio ao Controle Social, à Educação Popular em Saúde e às Políticas de Equidade do SUS, também do Ministério da Saúde.

 

Para a diretora geral do Certec, Simone Santos, o momento foi um marco importantíssimo. “Apresentarmos ações e resultados, avaliarmos e planejarmos juntos com o ministério da Saúde são etapas fundamentais para que o projeto atinja os objetivos propostos”, avaliou.

 

Dentre as definições do encontro destacam-se: a construção das matrizes curriculares com a participação da sociedade civil, como os conselhos nacional, estadual e municipal de saúde; estabelecimento de parceria com a Universidade Aberta do SUS (Unasus), no sentido de disponibilizar os cursos na plataforma Arouca (Sistema de Informação dos Profissionais de Saúde do Brasil); utilização da gameficação em cursos auto tutoridados, com web design responsivo, adaptável a qualquer dispositivo; e validação dos cursos pelo Departamento de Apoio à Gestão Participativa e ao Controle Social, da Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa do Ministério da Saúde

 

 

Segundo Dayana Costa, diretora pedagógica da Escola Técnica do SUS no Maranhão (foto abaixo, à direita), foi interessante a interlocução. “Esse encontro fortalece muito mais o projeto, que já tem um resultado positivo, com grande alcance e interesse de profissionais, lideranças e estudantes”, concluiu.

 

Fim do conteúdo da página