Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > EaD: grupo elabora diretrizes para institucionalização
Início do conteúdo da página Notícias

EaD: grupo elabora diretrizes para institucionalização

  • Assessoria de Comunicação com informação do IFB
  • publicado 13/11/2018 19h07
  • última modificação 13/11/2018 19h09

Elaborar diretrizes para a institucionalização da Educação a Distância (EaD) na Rede Federal. Esse é o objetivo do grupo de trabalho (GT) criado, em 2016, pelo Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (CONIF).

 

Atualmente, a EaD no país é custeada principalmente por fomento do Governo Federal através de programas como Rede e-Tec Brasil e Universidade Aberta do Brasil (UAB). Dessa forma, institucionalizar a EaD também possibilita a oferta de cursos por meio de subsídios provenientes dos Institutos Federais e dos Centros Federais de Educação Tecnológica (Cefets).

 

Composto por representantes do Fórum de Dirigentes de Ensino (FDE) do CONIF e gestores de Educação a Distância, o GT reuniu-se no Instituto Federal de Brasília (IFB), entre 6 e 7 desse mês, quando foram analisados os dados coletados junto à Rede Federal sobre a institucionalização da EaD na Rede Federal. “Os resultados já refletem a expansão da oferta de cursos por esforço próprio e a redução de cursos exclusivamente financiados pelo Governo”, ponderou a profa Simone Santos, diretora do Centro de Referência Tecnológica do IFMA  e que integra o GT.

 

O grupo também está debatendo sobre a legislação, motivado especialmente pela atualização, nos últimos dois anos, das normas nacionais que regem a EaD. Com uma vasta agenda realizada a distância, ele volta a se reunir presencialmente no dia 20, em Natal (RN), durante o XV Congresso Brasileiro de Ensino Superior a Distância (ESUD) e o IV Congresso Internacional de Educação Superior a Distância (CIESUD), promovidos pela Associação Universidade em Rede (UniRede).

 

A UniRede se constitui como consórcio formado por instituições públicas de ensino superior (Universidades Federais, Estaduais e Institutos Federais) com o objetivo de promover o desenvolvimento científico e tecnológico da Educação a Distância (EaD) no Brasil. “O ESUD tem contribuído para a discussão e consolidação da modalidade a distância no Brasil com temáticas inovadoras”, avaliou a profa Simome Santos.

 

Um dos objetivos do grupo é avançar nas discussões sobre modelos e metodologias de cursos a distância, tais como os integrados à modalidade presencial (híbridos) e o MOOC (Massive Open Online Course). Há discussões, ainda, sobre regulamentação de carga horária, estruturação dos núcleos gestores, mobilidade de estudantes e professores para disciplinas EaD entre campi e instituições, matriz orçamentária.

O GT ainda fará novas reuniões via webconferência para consolidar o seu trabalho e apresentar ao CONIF ainda em dezembro.

registrado em:
Assunto(s): CONIF , Diretrizes , EAD , FDE , gt
Fim do conteúdo da página