Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página Inicial > Notícias > Santa Inês sediou terceira edição do Fórum Educação e Saúde
Início do conteúdo da página Notícias

Santa Inês sediou terceira edição do Fórum Educação e Saúde

Etapa reuniu profissionais e estudantes da área de saúde de Santa Inês e cidades circunvizinhas.
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 24/09/2018 10h19
  • última modificação 24/09/2018 10h22

Evento foi realizado na sede do Lions Clube em Santa Inês.

A cidade de Santa Inês recebeu, na sexta-feira (31), mais uma edição do Fórum Integrador de Educação e Saúde. Aproximadamente 400 pessoas participaram da programação que incluiu a conferência sobre humanização em saúde, palestra sobre a política nacional voltada à população em situação de rua, além da apresentação dos eixos que integram o programa. O Fórum recebeu profissionais e estudantes de Santa Inês e de cidades circunvizinhas, como Bacabal, Pindaré, Pio XII, Bom Jardim, Vitória do Mearim e Zé Doca. As próximas edições serão realizadas nas cidades de São Luís e em Caxias, nos dias 19 e 28 de setembro, respectivamente.

Roberto Brandão destaca que o programa contribuirá com indicadores sociais.

Transformar vidas. É o que se espera do Fórum Integrador de Educação e Saúde para o Reitor do IFMA, professor Roberto Brandão. Presente ao evento, ele enfatiza a relevância desta construção coletiva no campo do ensino e das instituições ligadas à saúde. “Este fórum tem a característica de contribuir como um vetor de duas importantes áreas – educação e saúde. Como resultado, o programa educação e saúde vai chegar na população mais carente, nas pessoas que necessitam dos serviços básicos de saúde. O IFMA não tem por tradição essa expertise. Porém, estamos construindo uma articulação muito forte, a partir deste Fórum, com importantes agentes promotores da saúde em nosso Estado, a exemplo da Escola Técnica de Saúde do SUS e do Conselho dos Secretários Municipais de Saúde”, disse.

Simone Santos detalhou as fases que integram o programa Educação e Saúde.

Coordenadora da ação, a professora Simone Santos, que também exerce a função de Diretora do Centro de Referência Tecnológica do IFMA (CERTEC), explica que o Fórum é uma etapa do programa. “Trata-se da fase de popularização do debate acerca dos serviços de saúde e da promoção da humanização. Após esse momento teremos a abertura de 15 cursos na modalidade à distância. O conteúdo dos cursos será proprietário do IFMA e disponibilizado num formato livre, na plataforma IFMA Digital.  Toda a temática é relacionada aos serviços de saúde e com foco na qualificação de profissionais que atuam em instituições de saúde, de assistência social e nas lideranças que trabalham com pessoas em situação de vulnerabilidade social”, detalha.

Público presente participou das discussões propostas na programação do Fórum.

A participante Maria Helena Castro veio ao Fórum em busca de conhecimento. Atuando como enfermeira assistencialista e docente, ela reside em Pindaré, cidade vizinha, e divide suas atividades profissionais em sua cidade e em Santa Inês. “Minha avaliação é positiva. Hoje foi a minha primeira experiência. Vejo como uma oportunidade de ratificar, de somar conhecimento. Recebemos relatos de experiências exitosas no campo da saúde, sobretudo na estruturação do Sistema Único de Saúde (SUS)”, disse.

Ana Paula é estudante do curso de enfermagem da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA). Ela destaca que o Fórum é uma oportunidade de qualificar os profissionais que já estão em atividade e que ainda não executam rotinas relacionadas ao atendimento humanizado. “Na faculdade esse é um tópico que sempre é evidenciado. Porém, quando estamos na prática, nas unidades de saúde, é que observamos que uma parcela importante dos profissionais não estão atentos às condutas para promoção da humanização”, disse.Programa Educação e Saúde –  é uma iniciativa do Instituto Federal do Maranhão e tem como parceiros a Escola Técnica de Saúde do Sistema Único de Saúde (ETSUS), o Conselho dos Secretários Municipais de Saúde do Maranhão (CONASEMS), a Secretaria Estaduais de Saúde e de Articulação e Políticas Púbicas. A ação é viabilizada através de convênio celebrado entre o IFMA e o Ministério da Saúde.

A efetivação do programa ocorre em duas fases – a etapa de sensibilização da população, de profissionais e estudantes da área de Saúde com a realização dos Fóruns Integradores de Educação e Saúde; e na oferta de 15 cursos abertos e livres na modalidade de educação a distância na Plataforma IFMA Digital.

Os cursos serão ofertados nos seguintes eixos: Histórico e Princípios do SUS; Gestão Participativa; Garantias de Direitos no SUS; Condições Éticas, Ambientais e Avaliativas para Prática Humanizada em Saúde; e Oferta do Cuidado Humanizado na Saúde.

Como meta, atingir 5 mil pessoas com o Fórum Integrador e 30 mil pessoas com os cursos de qualificação.

Acesse aqui a galeria de fotos do Fórum Integrador de Saúde – Polo Santa Inês

Acesse aqui o site do programa Educação e Saúde

Fim do conteúdo da página