Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página Inicial > Notícias > Fórum em Imperatriz integra ações de educação e saúde
Início do conteúdo da página Notícias

Fórum em Imperatriz integra ações de educação e saúde

  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 05/09/2018 09h48
  • última modificação 05/09/2018 09h55

Abertura do Fórum Integrador teve a participação do reitor Roberto Brandão (ao púlpito) e convidados

Profissionais e estudantes ligados à área da saúde ou da assistência social participaram na quinta-feira (23) do Fórum Integrador de Educação e Saúde, evento realizado pelo Instituto Federal do Maranhão (IFMA) que ocorreu no Imperial Hotel, em Imperatriz. Segundo os organizadores, a ação reuniu cerca de 250 participantes, sendo uma das etapas do Programa Educação e Saúde (ver abaixo), que visa ao fortalecimento da proteção a pessoas em situação de vulnerabilidade social, a partir da capacitação de profissionais com a perspectiva do atendimento humanizado.

Na abertura do Fórum, o reitor do IFMA, Roberto Brandão, ressaltou o engajamento da instituição em colaborar com o desenvolvimento de políticas públicas, ao aplicar sua expertise e boas práticas, e em articulação com gestores públicos e movimento sociais, para formar agentes multiplicadores das ações propostas pelo programa. “Nosso objetivo é levar melhorias à comunidade através da educação”, disse o reitor, ressaltando que, ao beneficiar diretamente as populações carentes alcançadas, o programa contribui efetivamente para a transformação social.

Programação cultural

(Grupo de Estudos e Pesquisas em Arte – GEPA, do Campus Açailândia)

Simone Santos, diretora do Centro de Referência em Tecnologias, Educação a Distância e Projetos Especiais (CERTEC), explicou que Imperatriz foi escolhida para sediar o evento na Região Tocantina em razão da capacidade para absorver as regionais de saúde próximas, ampliando o alcance do programa a outros municípios. Ela destacou ainda questões comuns enfrentadas pelo poder público local, características de grandes cidades, como as populações em situação de rua e a violência urbana. “O fruto maior desse trabalho será com certeza o impacto na população alvo do projeto”, disse a diretora, que também coordena o Fórum Integrador. Simone Santos considerou que a iniciativa na área da saúde é pioneira no âmbito dos projetos de educação a distância do Instituto, e vem sendo desenvolvida com a parceria de outras instituições de educação, como a Escola Técnica e a Universidade Aberta do SUS.

Sobre a programação do Fórum Integrador, destacou-se a palestra “Humanização na saúde: ética e técnica nos processos assistenciais”, com o secretário estadual extraordinário de Articulação das Políticas Públicas, Marcos Pacheco. O palestrante considerou que a humanização dos serviços de saúde envolve tanto questões técnicas quanto éticas, e leva em conta o acolhimento e a classificação de riscos como principais fatores para dinamizar o fluxo de pacientes nas unidades de atendimento e melhorar o serviço prestado à sociedade.

Executado em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde (SES), o Fórum de Educação e Saúde já foi realizado em São Luís, em junho, e o cronograma prevê outros três fóruns: em Santa Inês, agendado para 31 de agosto, além de eventos em Caxias e novamente em São Luís. As datas para os próximos fóruns serão previamente divulgadas tanto no portal institucional do IFMA (www.ifma.edu.br) quanto no site do projeto (www.educacaosaude.ifma.edu.br). A programação abrangeu a apresentação sobre os eixos do projeto, conferência sobre humanização em saúde, além de atividades voltadas para a reflexão a respeito do Sistema Único de Saúde (SUS) e do atendimento humanizado pelos profissionais de saúde.

 

Programa

Com recursos provenientes do Ministério da Saúde (na ordem de R$ 5,5 milhões), o Projeto Educação e Saúde se encontra na primeira fase, com a expectativa de capacitar cerca de 5 mil pessoas por meio dos fóruns. Na segunda etapa, o programa planeja disponibilizar um total de 15 cursos livres e abertos na modalidade a distância, na plataforma IFMA Digital. Com isso, estima-se que o alcance do projeto deverá ser ampliado para 30 mil pessoas. A oferta dos cursos vai contemplar os seguintes eixos: Histórico e Princípios do SUS; Gestão Participativa; Garantias de Direitos no SUS; Condições Éticas, Ambientais e Avaliativas para Prática Humanizada em Saúde; e Oferta do Cuidado Humanizado na Saúde.

GALERIA DE IMAGENS

– Fórum Integrador de Educação e Saúde

 

 

Fim do conteúdo da página